Leilão do 5G bateu record

By 1 ano ago

O leilão do 5G terminou nesta sexta-feira  (5 de novembro) feito pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações). Bateu recorde de R$ 46,79 bilhões, sendo o 2° maior total de dinheiro alcançado em em um leilão público na história do país, atrás somente do leilão do pré-sal. 

O ministro das comunicações, Fábio Faria, disse em uma coletiva que o leilão “superou todas as nossas expectativas”. E também disse que foi o maior leilão da história da América Latina.

Além das empresas de telefonia que já atuam no país, foi confirmada a presença de 6 novas empresas: Cloud2You, Winity, Brisanet, Consórcio 5G Sul, Neko Serviços e Fly Link.

No leilão foram vendidas a transmissão do 5G em 4 frequências (700 MHz, 2,3 GHz, 3,5 GHz e 26 GHz), que foram separados em lotes. Que foram separados por cobertura regional e nacional. R$ 22,7 bilhões de valor econômico final. E a faixa que arrecadou menos foi a faixa 26 GHz, considerada a mais difícil de ser vendida, que foi arrecadado por R$ 3,03 bilhões.

Apesar de já ter acontecido o leilão, a tecnologia deve demorar pelo menos alguns anos. Para começar a esta disponível para todos usuários. Segundo um edital da Anatel prevê que as cidades com mais de 500 mil habitantes devem ter acesso à rede até 2025. E as capitais deverão receber a novidade até julho de 2022.

Tags: 5GAnatel
Share